A expressão sublinhada em “No fundo da alma de todo o repórter há sempre um poeta...” (5º parágrafo)

Para responder às questões de 02 a 07, leia a crônica “Almas  penadas”, de Olavo Bilac, publicada originalmente em 1902.

Outro fantasma?... é verdade: outro fantasma. Já tardava. O Rio de Janeiro não pode passar muito tempo sem o seu  lobisomem. Parece que tudo aqui concorre para nos impelir  ao amor do sobrenatural [...]. Agora, já se não adormecem as  crianças com histórias de fadas e de almas do outro mundo.  Mas, ainda há menos de cinquenta anos, este era um povo  de beatos [...]. [...] Os tempos melhoraram, mas guardam ainda um pouco dessa primitiva credulidade. Inventar um fantasma é ainda um magnífico recurso para quem quer levar a  bom termo qualquer grossa patifaria. As almas simples vão  propagando o terror, e, sob a capa e a salvaguarda desse  temor, os patifes vão rejubilando.

O novo espectro que nos aparece é o de Catumbi. Começou a surgir vagamente, sem espalhafato, pelo pacato  bairro — como um fantasma de grande e louvável modéstia.  E tão esbatido1  passava o seu vulto na treva, tão sutilmente  deslizava ao longo das casas adormecidas — que as primeiras pessoas que o viram não puderam em consciência dizer  se era duende macho ou duende fêmea. [...] O fantasma  não falava — naturalmente por saber de longa data que pela  boca é que morrem os peixes e os fantasmas... Também,  ninguém lhe falava — não por experiência, mas por medo.  Porque, enfim, pode um homem ter nascido num século de  luzes e de descrenças, e ter mamado o leite do liberalismo  nos estafados seios da Revolução Francesa, e não acreditar nem em Deus nem no Diabo — e, apesar disso, sentir a voz presa na garganta, quando encontra na rua, a desoras² ,  uma avantesma³...

Assim, um profundo mistério cercava a existência do lobisomem de Catumbi — quando começaram de aparecer vestígios assinalados de sua passagem, não já pelas ruas, mas  pelo interior das casas. Não vades agora crer que se tenham  sumido, por exemplo, as hóstias consagradas da igreja de Catumbi, ou que os empregados do cemitério de S. Francisco de Paula tenham achado alguma sepultura vazia, ou que  algum  circunspecto pai de família, certa manhã, ao despertar,  tenha dado pela falta... da própria alma. Nada disso. Os fenômenos eram outros. Desta casa sumiram-se as arandelas,  daquela outra as galinhas, daquela outra as joias... E a polícia, finalmente, adquiriu a convicção de que o lobisomem,  para perpétua e suprema vergonha de toda a sua classe, andava acumulando novos pecados sobre os pecados antigos,  e dando-se à prática de excessos menos merecedores de  exorcismos que de cadeia.

Dizem as folhas4  que a polícia, competentemente munida de bentinhos⁵ e de revólveres, de amuletos e de sabres,  assaltou anteontem o reduto do fantasma. Um jornal, dando  conta da diligência, disse que o delegado achou dentro da  casa sinistra — um velho pardieiro⁶  que fica no topo de uma  ladeira íngreme — alguns objetos singulares que pareciam  instrumentos “pertencentes a gatunos”. E acrescentou: “alguns morcegos esvoaçavam espavoridos, tentando apagar as velas acesas que os sitiantes⁷  empunhavam”.

Esta nota de morcegos deve ser um chique romântico do  noticiarista. No fundo da alma de todo o repórter há sempre  um poeta... Vamos lá! nestes tempos, que correm, já nem  há morcegos. Esses feios quirópteros, esses medonhos ratos alados, companheiros clássicos do terror noturno, já não  aparecem pelo bairro civilizado de Catumbi. Os animais, que  esvoaçavam espavoridos, eram sem dúvida os frangões roubados aos quintais das casas... Ai dos fantasmas! e mal dos  lobisomens! o seu tempo passou.
(Olavo Bilac. Melhores crônicas, 2005.)


UNESP 2022 - QUESTÃO 07
A expressão sublinhada em “No fundo da alma de todo o repórter há sempre um poeta...” (5º parágrafo) exerce a mesma função sintática da expressão sublinhada em

(A) “Esta nota de morcegos deve ser um chique romântico do  noticiarista.” (5º parágrafo)

(B) “Os tempos melhoraram, mas guardam ainda um pouco dessa primitiva credulidade.” (1º parágrafo)

(C) “Os animais, que esvoaçavam espavoridos, eram sem  dúvida os frangões roubados aos quintais das casas...”  (5º parágrafo)

(D) “Desta casa sumiram-se as arandelas, daquela outra as  galinhas, daquela outra as joias...” (3º parágrafo)

(E) “Dizem as folhas que a polícia, competentemente munida  de bentinhos e de revólveres, de amuletos e de sabres,  assaltou anteontem o reduto do fantasma.” (4º parágrafo)

QUESTÃO ANTERIOR:

GABARITO:
(B) “Os tempos melhoraram, mas guardam ainda um pouco dessa primitiva credulidade.” (1º parágrafo)

RESOLUÇÃO:
Não temos resolução para essa questão! Você sabe explicar? Copie o link dessa página e envie sua resolução clicando AQUI!

PRÓXIMA QUESTÃO:

QUESTÃO DISPONÍVEL EM:

COMENTÁRIOS

Nome

ads,41,curiosidades,2,enade,23,exercícios,4,inglês,1,português,1,provas,74,questão da albert einstein,1,questão da cespe,1,questão da famema,40,questão da famerp,2,questão da fatec,54,questão da fepese,80,questão da fgv,72,questão da fuvest,272,questão da santa casa,80,questão da uece,100,questão da ufrgs,325,questão da unesp,180,questão da unicamp,72,questão da uniceub,108,questão da unifesp,428,questão da unioeste,80,questão de administração,11,questão de administração pública,3,questão de agroindústria,1,questão de alemão,25,questão de atualidades,10,questão de biblioteconomia,15,questão de biologia,162,questão de biomedicina,14,questão de ciências,42,questão de ciências contábeis,7,questão de ciências econômicas,3,questão de ciências sociais,12,questão de concurso,521,questão de design,18,questão de direito,189,questão de direito penal,22,questão de direito processual penal,21,questão de direito tributário,5,questão de educação física,40,questão de enfermagem,5,questão de espanhol,63,questão de estatística,24,questão de física,197,questão de francês,33,questão de gastronomia,22,questão de geografia,285,questão de gestão ambiental,17,questão de gestão comercial,1,questão de gestão de recursos humanos,13,questão de história,206,questão de informática básica,5,questão de inglês,30,questão de italiano,25,questão de legislação,10,questão de literatura,48,questão de matemática,295,questão de medicina,105,questão de música,45,questão de português,330,questão de processos gerenciais,6,questão de química,192,questão de relações internacionais,6,questão de secretariado executivo,3,questão de sociologia,32,questão de turismo,39,questão de vestibular,3074,questão de zootecnia,29,questão do cefetmg,130,questão do cfc,50,questão do enade,378,questão do enare,41,questão do encceja,357,questão do enem,765,questão do ifpi,119,questão do ifsul,1,questão do ita,138,questão do revalida,105,questão filosofia,32,questão gs,20,questão idcap,39,questão inglês,115,questão ioplan,25,questão jornalismo,3,questão mackenzie,1,questão medicina,10,questão nível superior,39,questão nutriçao,74,questão oab,86,questão odontologia,51,questão pedagogia,12,questão psicologia,3,questão publicidade propaganda,3,questão química,54,questão serviço social,30,questão técnico enfermagem,55,questão ucb,1,questão uel,58,questão unesp,60,questões,5505,questões da oab,79,questões de direito,76,
ltr
item
Questões com Gabarito: A expressão sublinhada em “No fundo da alma de todo o repórter há sempre um poeta...” (5º parágrafo)
A expressão sublinhada em “No fundo da alma de todo o repórter há sempre um poeta...” (5º parágrafo)
A expressão sublinhada em “No fundo da alma de todo o repórter há sempre um poeta...” (5º parágrafo)
Questões com Gabarito
https://www.questoes.indagacao.com/2021/11/a-expressao-sublinhada-em-no-fundo-da-alma-de-todo-o-reporter-da-sempre-um-poeta-5-paragrafo.html
https://www.questoes.indagacao.com/
https://www.questoes.indagacao.com/
https://www.questoes.indagacao.com/2021/11/a-expressao-sublinhada-em-no-fundo-da-alma-de-todo-o-reporter-da-sempre-um-poeta-5-paragrafo.html
true
2441277946171097403
UTF-8
Todas as Postagens Não foram encontradas postagens VEJA TODOS Leia Mais Resposta Cancelar resposta Deletar Por Home PÁGINAS POSTS Veja todos RECOMENDADOS PARA VOCÊ Tudo Sobre ARQUIVOS BUSCAR TODOS OS POSTS >Nenhuma postagem foi encontrada Voltar para Home Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junio Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutos agora 1 hora atrás $$1$$ horas atrás Ontem $$1$$ dias atrás $$1$$ semanas atrás mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir CONTEÚDO PREMIUM BLOQUEADO PASSO 1: Compartilhar em uma rede social PASSO 2: Clique no link na sua rede social Copiar todo o código Selecionar todo o código Todos os códigos foram copiados Não é possível copiar os códigos / textos, pressione [CTRL] + [C] para copiar Tabela de conteúdo