O cronista dirige-se explicitamente a seu leitor no trecho

Para responder às questões de 09 a 11, leia a crônica “Elegia do Guandu”, de Carlos Drummond de Andrade, publicada originalmente em 2 de novembro de 1974.

E se reverenciássemos neste 2 de novembro os mortos do Guandu, que descem a correnteza, a caminho do mar — o mar que eles não alcançam, pois encalham na areia das margens, e os urubus os devoram?

Perdoai se apresento matéria tão feia, em dia de flores consagradas aos mortos queridos. Estes não são amados de ninguém, ou o são de mínima gente. Seus corpos, não há quem os reclame, de medo ou seja lá pelo que for.

Se algum deles tem sorte de derivar pela restinga da Marambaia e ali é recolhido por pescadores — ah, peixe menos desejado — ganha sepultura anônima, que a piedade dos humildes providencia. Mas não é prudente pescar mortos do Guandu: há sempre a perspectiva de interrogatórios que fazem perder o dia de trabalho, às vezes mais do que isso: a liberdade, que se confisca aos suspeitos e aos que explicam mal suas pescarias macabras.

São marginais caçados pela polícia ou por outros marginais, são suicidas, são acidentados? Difícil classificá-los, se não trazem a marca registrada dos trucidadores ou estes sinais: mãos amarradas, amarrado de vários corpos, pesos amarrados aos pés. Estes últimos são mortos fáceis de catalogar, embora só se lhes vejam as cabeças em rodopio à flor d’água, mas os que vêm boiando e fluindo, fluindo e boiando, em sonho aquático deslizante, estes desesperaram da vida, ou a vida lhes faltou de surpresa?

Os mortos vão passando, procissão falhada. Eis desce o rio um lote de seis, uns aos outros ligados pela corda fraternizante. É espetáculo para se ver da janela de moradores de Itaguaí, assistentes ribeirinhos de novela de espaçados capítulos. Ver e não contar. Ver e guardar para conversas íntimas:

— Ontem, na tintura da madrugada, passaram três garrafinhas. Eu vi, chamei a Teresa pra espiar também...

Garrafinhas chamam-se eles, os trucidados com chumbo aos pés, e não mais como ficou escrito em livros de cartório. O garrafinha nº 1 não é diferente do garrafinha nº 2 ou 3. Foram todos nivelados pelo Guandu. Como frascos vazios, de pequeno porte e nenhuma importância, lá vão rio abaixo, Nova Iguaçu abaixo, rumo do esquecimento das garrafas e dos crimes que cometeram ou não cometeram, ou dos crimes que neles foram cometidos.

[...]

O Guandu não responde a inquéritos nem a repórteres. Não distingue, carrega. Não comenta, não julga, não reclama se lhe corrompem as águas; transporta. Em sua impessoalidade serve a desígnios vários, favorece a vida que quer se desembaraçar da morte, facilita a morte que quer se libertar da vida. Pela justiça sumária, pelo absurdo, pelo desespero.

Mas não é ao Guandu que cabe dedicar uma elegia, é aos mortos do Guandu, nos quais ninguém pensa no dia de pensar os e nos mortos. Os criminosos, os não criminosos, os que se destruíram, os que resvalaram. Mortos sem sepultura e sem lembrança. Trágicos e apagados deslizantes na correnteza. Passageiros do Guandu, apenas e afinal.
(Carlos Drummond de Andrade. Os dias lindos, 2013.)

UNESP 2022 - QUESTÃO 10
O cronista dirige-se explicitamente a seu leitor no trecho:

(A) “São marginais caçados pela polícia ou por outros marginais, são suicidas, são acidentados?” (4º parágrafo)

(B) “Perdoai se apresento matéria tão feia, em dia de flores consagradas aos mortos queridos.” (2º parágrafo)

(C) “— Ontem, na tintura da madrugada, passaram três garrafinhas. Eu vi, chamei a Teresa pra espiar também...” (6º parágrafo)

(D) “Não comenta, não julga, não reclama se lhe corrompem as águas; transporta.” (8º parágrafo)

(E) “Mas não é ao Guandu que cabe dedicar uma elegia, é aos mortos do Guandu, nos quais ninguém pensa no dia de pensar os e nos mortos.” (9º parágrafo)

QUESTÃO ANTERIOR:

RESOLUÇÃO (Cursos Objetivo):
Percebe-se que o cronista se dirige ao leitor quando emprega o verbo perdoar, no imperativo, na 2ª pessoa do plural: "Perdoai". O conteúdo da frase "apresento matéria tão feia" também explicita essa conversa com o leitor.

GABARITO:
(B) “Perdoai se apresento matéria tão feia, em dia de flores consagradas aos mortos queridos.” (2º parágrafo)

PRÓXIMA QUESTÃO:

QUESTÃO DISPONÍVEL EM:

COMENTÁRIOS

Nome

aquestões,1,curiosidades,2,enade,23,exercícios,4,inglês,1,português,1,provas,80,questão da albert einstein,21,questão da avança sp,40,questão da cespe,1,questão da famema,80,questão da famerp,52,questão da fatec,54,questão da fepese,80,questão da fgv,87,questão da fmabc,40,questão da fuvest,367,questão da mackenzie,101,questão da oab,79,questão da santa casa,80,questão da uece,100,questão da uema,94,questão da ufrgs,325,questão da unesp,204,questão da unicamp,83,questão da uniceub,108,questão da unichristus,54,questão da unifenas,48,questão da unifesp,428,questão da unifor,64,questão da unioeste,80,questão da unitins,49,questão de administração,11,questão de administração pública,3,questão de agroindústria,1,questão de agronomia,20,questão de alemão,25,questão de atualidades,15,questão de biblioteconomia,15,questão de biologia,209,questão de biomedicina,14,questão de ciências,42,questão de ciências contábeis,7,questão de ciências econômicas,3,questão de ciências sociais,69,questão de concurso,561,questão de design,45,questão de direito,265,questão de direito penal,22,questão de direito processual penal,21,questão de direito tributário,5,questão de educação física,97,questão de enfermagem,5,questão de espanhol,85,questão de estatística,24,questão de filosofia,64,questão de física,259,questão de francês,33,questão de gastronomia,22,questão de geografia,334,questão de gestão ambiental,17,questão de gestão comercial,1,questão de gestão de recursos humanos,13,questão de história,260,questão de informática básica,10,questão de inglês,229,questão de italiano,25,questão de legislação,10,questão de literatura,48,questão de marketing,17,questão de matemática,423,questão de medicina,105,questão de música,84,questão de português,398,questão de processos gerenciais,23,questão de química,283,questão de relações internacionais,6,questão de secretariado executivo,3,questão de sociologia,32,questão de turismo,53,questão de vestibular,3979,questão de zootecnia,29,questão do cefetmg,134,questão do cfc,50,questão do enade,1600,questão do enare,41,questão do encceja,357,questão do enem,765,questão do ifpi,119,questão do ifsul,1,questão do ita,138,questão do revalida,105,questão filosofia,32,questão gs,20,questão idcap,39,questão ioplan,25,questão jornalismo,3,questão mackenzie,1,questão medicina,10,questão nível superior,39,questão nutriçao,74,questão oab,86,questão odontologia,51,questão pedagogia,12,questão psicologia,3,questão publicidade propaganda,3,questão química,54,questão serviço social,30,questão técnico enfermagem,55,questão ucb,1,questão uel,58,questão unesp,60,questões,7476,
ltr
item
Questões com Gabarito: O cronista dirige-se explicitamente a seu leitor no trecho
O cronista dirige-se explicitamente a seu leitor no trecho
Questões com Gabarito
https://www.questoes.indagacao.com/2022/01/o-cronista-dirige-se-explicitamente-seu-leitor-no-trecho.html
https://www.questoes.indagacao.com/
https://www.questoes.indagacao.com/
https://www.questoes.indagacao.com/2022/01/o-cronista-dirige-se-explicitamente-seu-leitor-no-trecho.html
true
2441277946171097403
UTF-8
Todas as Postagens Não foram encontradas postagens VEJA TODOS Leia Mais Resposta Cancelar resposta Deletar Por Home PÁGINAS POSTS Veja todos RECOMENDADOS PARA VOCÊ Tudo Sobre ARQUIVOS BUSCAR TODOS OS POSTS >Nenhuma postagem foi encontrada Voltar para Home Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junio Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutos agora 1 hora atrás $$1$$ horas atrás Ontem $$1$$ dias atrás $$1$$ semanas atrás mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir CONTEÚDO PREMIUM BLOQUEADO PASSO 1: Compartilhar em uma rede social PASSO 2: Clique no link na sua rede social Copiar todo o código Selecionar todo o código Todos os códigos foram copiados Não é possível copiar os códigos / textos, pressione [CTRL] + [C] para copiar Tabela de conteúdo