No texto, o livro NÃO se associa à ideia de

Texto 1

Dá pra desenhar?

Marcelo Gruman

cefet


1º§ Numa cena de um de meus comediantes favoritos, Jerry Seinfeld¹, seu amigo neurótico George se vê às voltas com a necessidade de resgatar alguns livros deixados na casa de uma  moça com quem acabou de terminar um relacionamento. Jerry  não vê problema algum, mas George não gosta da ideia. Jerry,  então, diz para o amigo esquecer os livros, perguntando-lhe se  realmente precisa deles. George diz que sim, que precisa dos  livros, e Jerry pergunta por quê. George responde que os livros  são seus e que, por isso, precisa deles. E por que precisa deles?,  insiste Seinfeld. George exclama simplesmente “são livros!”.  Seinfeld indaga, então: “Que obsessão é essa com os livros?  As pessoas os colocam em suas casas como se fossem troféus. Para que você precisa deles depois de serem lidos?”. E ironiza,  finalmente, “Sabe, o legal de ler Moby Dick² pela segunda vez  é que Ahab e a baleia ficam amigos”.

2º§ Quando abro a porta de meu apartamento dou de cara com  uma estante cheia de livros, meus troféus. Ali estão meus favoritos da literatura brasileira, João Ubaldo, Veríssimo, Rubem  Fonseca, Nelson Rodrigues, Cony, e também os estrangeiros,  Saramago, Roth, Dostoievski, Tchekhov e muitos outros. Também me orgulha uma pequena biblioteca de livros com a temática judaica e outra com obras que fizeram e fazem parte de  minha formação antropológica. A reação de quem se depara  com as prateleiras cheias de livros é variada, há quem exclame  maravilhado com os títulos ali dispostos, há quem pergunte, à  la Seinfeld, para que tanto livro, para que acumular poeira e  traças. No quarto de meu filho, a galeria de troféus aumenta  um pouco a cada mês, somando-se ao folclore brasileiro e gibis da Turma da Mônica e Batman estórias da porquinha Olivia  em português e espanhol e clássicos da literatura estrangeira,  como The cat in the hat. A escola faz a sua parte, o troca-troca  de livros entre os colegas e a ida semanal à biblioteca garante  que, pelo menos, dois livros sejam lidos fora do horário de estudos formal, geralmente à hora de deitar para dormir.

3º§ Damos importância ao livro e, sobretudo, à leitura. Claro, para  ler um livro, é preciso, primeiro, saber ler. Cultivamos o hábito  da leitura, cultivamos o intelecto, a leitura como instrumento  para gerar a autonomia, para a construção da própria trajetória de vida, para a compreensão e interpretação do mundo que  nos cerca a partir do nosso ponto de vista, e não de terceiros,  uma empobrecida leitura mastigada, enviesada e, muitas vezes, coalhada de preconceitos e estereótipos. A capacidade de  ler permite o acesso a mundos até então desconhecidos, do  Saci Pererê, do Lobo Mau, da Chapeuzinho Vermelho, da Mula  Sem Cabeça. Permite a construção de nossa identidade, daquilo que somos, ou melhor, que estamos, porque aquilo que  somos pode mudar sempre, é só querermos. Nada mais emo cionante do que ver seu filho, de repente, ler o letreiro de uma  loja, pela primeira vez. Um novo mundo se abre: um mundo de  possibilidades infinitas, mundos infinitos.

4º§ Para mim, o livro tem de ter cheiro, às favas com minha alergia  à poeira. Eu preciso manuseá-lo, tocá-lo, virar suas páginas. O  livro é parte constituinte de quem sou, de minha identidade, é  extensão de meu corpo, está impregnado de memória, da minha memória, da minha história. Livro não é produto biodegradável, descartável, pós-moderno, do tipo “lavou, está novo”.  O livro estabelece ligações afetivas. Lembro-me de um colega  de faculdade comentando, certa vez, com certa excitação, que  havia encontrado, num sebo, determinado livro que a namorada procurava fazia não sei quanto tempo. O tesouro seria  dado como presente de aniversário. Poderia ser o Harry Potter ou Cinquenta tons de cinza, boa literatura, má literatura, o importante é ler...

5º§ As livrarias no Rio de Janeiro estão desaparecendo, sobretudo  os sebos, que teimam em comercializar objetos sujos de história. [...] É a tal “civilização digital”. Se não digital, do kindle³  e do IPhone³, do ambiente asséptico, inodoro, impessoal de  cadeias livreiras como Cultura, Travessa ou Saraiva, padronizadas. Chegamos à era da “mcdonaldização” do hábito de ler.  Sem passado, sem futuro, um presente contínuo.

6º§ Não bastasse o desprestígio do livro físico, vivemos o “triunfo  total da não-leitura”, conforme o editor de não-ficção e literatura brasileira da Editora Record, Carlos Andreazza, que resolveu lançar a campanha pela “maioridade intelectual”, que  considera uma provocação à onda dos livros de colorir. Para  ele, o editor também é um educador e tem a obrigação de  atrair o leitor jovem-adulto, ampliando o público leitor como  uma resposta saudável a esta atração cultural que é “o livro  de unir os pontinhos”, como ironicamente o define Joaquim  Ferreira dos Santos. Andreazza diz que, hoje, somos obrigados  a falar redundâncias bárbaras como “livro para ler”. Uma piada  de mau gosto porque livro pressupõe leitura.

7º§ [...] Há não muito tempo, perguntávamos a quem não entendia  o que falávamos se gostaria que desenhássemos a explicação.  Era uma brincadeira, uma forma de infantilizar o interlocutor.  Chegou o dia em que a piada perdeu a graça, porque deixou  de ser piada.
Fonte: <http://cartamaior.com.br/?/Editoria/Cultura/Da pra-desenhar-/39/33645>,  texto adaptado. Acesso em: 03 set. 2015 Vocabulário de apoio:

1- Jerome “Jerry” Allen Seinfeld – ator e humorista norte-americano, atua em  Nova Iorque, EUA.

2- Moby Dick – romance do autor estadunidense Herman Melville. O nome da  obra é o de uma baleia enfurecida, de cor branca, que conseguiu destruir baleeiros que a haviam ferido. Originalmente foi publicado em três fascículos com  o título de Moby-Dick ou A Baleia, em Londres, em 1851, e, ainda no mesmo ano, em Nova York, em edição integral. O livro foi revolucionário para a época,  com descrições intricadas e imaginativas das aventuras do narrador – Ismael,  suas reflexões pessoais, e grandes trechos de não ficção, sobre variados assuntos, como baleias, métodos de caça a elas, arpões, a cor branca (de Moby  Dick), detalhes sobre as embarcações e funcionamentos, armazenamento de  produtos extraídos das baleias.

3- kindle – leitor de livros digitais desenvolvido pela subsidiária da Amazon, que permite aos usuários comprar, baixar, pesquisar e, principalmente, ler livros  digitais, jornais, revistas, e outras mídias digitais via rede sem fio.

4- IPhone – linha de smartphones (telefones celulares multifuncionais) concebidos e comercializados pela Apple Inc.

QUESTÃO 02
CEFET-MG: No texto, o livro NÃO se associa à ideia de 

a) objeto de desejo. 

b) recurso de memória.

c) acumulador de poeira.

d) instrumento de status social.

QUESTÃO ANTERIOR:

GABARITO:
d) instrumento de status social.

RESOLUÇÃO:
Não temos resolução para essa questão! Você sabe explicar? Copie o link dessa página e envie sua resolução clicando AQUI!

PRÓXIMA QUESTÃO:

QUESTÃO DISPONÍVEL EM:

COMENTÁRIOS

Nome

curiosidades,2,enade,23,exercícios,4,inglês,1,português,1,provas,80,questão da agirh,25,questão da albert einstein,21,questão da ameosc,15,questão da amrigs,10,questão da avança sp,40,questão da cespe,1,questão da famema,80,questão da famerp,52,questão da fapese,10,questão da fatec,54,questão da fepese,115,questão da fgv,423,questão da fmabc,40,questão da fuvest,406,questão da mackenzie,202,questão da oab,159,questão da obmep,29,questão da reis&reis,20,questão da santa casa,80,questão da uece,100,questão da ueg,112,questão da uema,94,questão da ufrgs,325,questão da unesc,12,questão da unesp,204,questão da unicamp,83,questão da unicesumar,50,questão da uniceub,108,questão da unichristus,54,questão da unifenas,48,questão da unifesp,428,questão da unifor,64,questão da unioeste,80,questão da unitins,49,questão da usp,28,questão de administração,11,questão de administração pública,3,questão de agroindústria,1,questão de agronomia,20,questão de alemão,25,questão de arquitetura,10,questão de atualidades,15,questão de biblioteconomia,15,questão de biologia,234,questão de biomedicina,14,questão de ciências,42,questão de ciências contábeis,7,questão de ciências da natureza,19,questão de ciências econômicas,3,questão de ciências humanas,10,questão de ciências sociais,69,questão de concurso,1098,questão de design,45,questão de direito,345,questão de direito penal,23,questão de direito processual penal,21,questão de direito tributário,5,questão de educação física,97,questão de enfermagem,5,questão de ensino religioso,10,questão de espanhol,97,questão de estatística,24,questão de filosofia,64,questão de física,308,questão de fonoaudiologia,9,questão de francês,33,questão de gastronomia,22,questão de geografia,352,questão de gestão ambiental,17,questão de gestão comercial,1,questão de gestão de recursos humanos,13,questão de história,300,questão de informática,20,questão de inglês,256,questão de italiano,25,questão de legislação,20,questão de literatura,48,questão de marketing,17,questão de matemática,541,questão de medicina,133,questão de música,84,questão de português,474,questão de processos gerenciais,23,questão de química,299,questão de raciocínio lógico,10,questão de relações internacionais,6,questão de secretariado executivo,3,questão de serviço social,2,questão de sociologia,32,questão de turismo,53,questão de vestibular,4349,questão de zootecnia,29,questão do cefetmg,194,questão do cfc,50,questão do enade,1600,questão do enare,41,questão do encceja,357,questão do enem,949,questão do ifpi,119,questão do ifsul,1,questão do ita,138,questão do mackenzie,68,questão do revalida,105,questão filosofia,32,questão gs,20,questão idcap,39,questão ieses,24,questão ioplan,25,questão jornalismo,3,questão mackenzie,1,questão medicina,10,questão nível superior,39,questão nutriçao,74,questão oab,86,questão odontologia,81,questão pedagogia,12,questão psicologia,13,questão publicidade propaganda,3,questão química,54,questão serviço social,30,questão técnico enfermagem,55,questão ucb,1,questão uel,58,questão unesp,60,questões,8774,
ltr
item
Questões com Gabarito: No texto, o livro NÃO se associa à ideia de
No texto, o livro NÃO se associa à ideia de
No texto, o livro NÃO se associa à ideia de
https://1.bp.blogspot.com/-IIGJCVzjcfs/YOYZgkGm-_I/AAAAAAAAFmk/EuHWIzJlwEojC7XfAdHCPA5BLgpMJQ6xACLcBGAsYHQ/s16000/indagacao-cefet-06.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-IIGJCVzjcfs/YOYZgkGm-_I/AAAAAAAAFmk/EuHWIzJlwEojC7XfAdHCPA5BLgpMJQ6xACLcBGAsYHQ/s72-c/indagacao-cefet-06.jpg
Questões com Gabarito
https://www.questoes.indagacao.com/2022/03/no-texto-o-livro-nao-se-associa-ideia-de.html
https://www.questoes.indagacao.com/
https://www.questoes.indagacao.com/
https://www.questoes.indagacao.com/2022/03/no-texto-o-livro-nao-se-associa-ideia-de.html
true
2441277946171097403
UTF-8
Todas as Postagens Não foram encontradas postagens VEJA TODOS Leia Mais Resposta Cancelar resposta Deletar Por Home PÁGINAS POSTS Veja todos RECOMENDADOS PARA VOCÊ Tudo Sobre ARQUIVOS BUSCAR TODOS OS POSTS >Nenhuma postagem foi encontrada Voltar para Home Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junio Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutos agora 1 hora atrás $$1$$ horas atrás Ontem $$1$$ dias atrás $$1$$ semanas atrás mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir CONTEÚDO PREMIUM BLOQUEADO PASSO 1: Compartilhar em uma rede social PASSO 2: Clique no link na sua rede social Copiar todo o código Selecionar todo o código Todos os códigos foram copiados Não é possível copiar os códigos / textos, pressione [CTRL] + [C] para copiar Tabela de conteúdo